sábado, 5 de setembro de 2009

19 SEMANAS



Chegámos ás 19 semanas e eu estou assim. Já cá cantam 3 kg (aaargh!) a mais, mas felizmente parecem-me estar alojados apenas na barriguita e nas boobs.

Maneiras que tenho aproveitado para usar uns decotes do tipo ay caramba. Que isto não vai durar sempre e eu não tenciono voltar a procriar (porque eu sou uma pessoa que gosta de tudo em números pares).

Sexta-feira fui ao obstetra ver o crianço. Tá todo bonito, agora que possui uma aparência humana, ao contrário do pequeno alien que habitava o meu útero há umas semanas.

Recebi os resultados do rastreio bioquímico, e as possibilidades de ter um filhote com deficiências são de 1 para 120,000. Negativo, portanto. Um dos resultados mais baixos que o obstetra já viu. Porreiro!

De resto, o pequeno inquilino do meu ventre está cada vez mais irrequieto, sendo que as joelhadas (ou cotoveladas, ou lá o que é) vão ficando cada vez mais frequentes. Até agora já consegui perceber que o moço não aprecia estradas com buracos ou lombas, nem dormir com a barriga da mãe virada para cima. Por outro lado, parece gostar de dormir de lado (pelo menos fica sugadito) e do hidratante ultra-mega-hiper-balhamedeus-enormemente-oleoso que eu coloco nas paredes de fora do seu T0 todo o santo dia (ou talvez seja do toque. Se calhar é mais isso).


E pronto. Deixo-vos o habitual copy-paste com a evolução ás 19 semanas:

O Bebé

Este é um período de intenso crescimento. Mede cerca de 20 cm dos pés à cabeça e pesa cerca de 300-320 gramas. Juntamente com o lanugo, forma-se o "vérnix caseoso" na pele do bebé. O vérnix é uma substância parecida com "requeijão cremoso" (blhec) que protege a pele do feto - imagine como iria ficar a sua pele se passasse nove meses dentro d'água! O feto tem períodos de sono e alerta intermitentes. Dorme mais ou menos por uma hora e acorda mais ou menos por uma hora. Também pode ter uma posição favorita para dormir. Os ovários do feto feminino já contêm os ovócitos primários, ou seja, todos os óvulos que a mulher terá durante toda a sua vida. O útero do feto feminino está também completamente formado. A placenta continua a crescer e a nutrir o bebé. Ela está completamente formada e cresce em diâmetro, embora não aumente em espessura.
Uma ecografia entre as semanas 18 e 22 é realizada para se fazer o rastreio do segundo trimestre. Esta ecografia é uma verificação do tamanho e peso do bebé, bem como uma análise detalhada do coração, placenta e cordão umbilical. O bebé já está grande o suficiente para permitir uma observação detalhada do seu corpo. Como é uma ecografia demorada, poderá ter a oportunidade de ver o seu bebé dar cambalhotas, chuchar o dedo ou espreguiçando-se.


A Mãe

Pode notar várias alterações na sua pele. Elas são hormônio-dependentes e vão desaparecer após o parto. Pode desenvolver a "máscara da gravidez" ou "cloasma" - manchas escuras em seu rosto, testa, nariz e queixo. Comichão na pele também é comum. A sua pele pode ressecar e descamar em algumas regiões e muitas grávidas apresentam estrias, especialmente nas regiões de maior distensão da pele. Não há como prevenir completamente as estrias, porém o uso de loções hidratantes pode ajudar. Beber bastantes líquidos e fazer alimentação saudável é muito importante para reduzir o ressecamento e a formação de estrias. (got this covered- passo a maior parte do dia besuntada com hidratantes)


E é isto. A eco morfológica é só no dia 22, e depois vem a parte chata das análises do 2º trimestre. Mas o que me chateia mesmo é o tempo que ainda falta para conhecer o mocinho. Os cães reproduzem-se em 2 meses. Os gatos em um. Não percebo o porquê de 9 (nove!) meses para os humanos. Quer-se dizer, uma pessoa assim desespera. E não me venham com a conversa de que "ai mas é tão bom tar grávida, e aproveita e blablabla" que eu respondo-vos com a lógica de "bom, bom, é poder dormir de barriga para baixo e apertar atacadores em posições decentes". Claro que é bom, mas toda a gente sabe que a razão de ser bom é precisamente sabermos que é um estado temporário. E a mim faz-me confusão não conseguir ver se as cuecas estão direitas sem um espelho.

E com isto acho que não preciso de dizer que as hormonas estão com toda a certeza a rir-se à minha custa. Irritação, teu nome é Andreia!

1 comentário:

  1. Já só falta metade do tempo, mais coisa menos coisa.

    eheheheh..

    Amo-te!

    ResponderEliminar